Em jogo sofrido, Brasil perde amistoso contra a Argentina

A invencibilidade de Tite na Seleção Brasileira foi quebrada

50

O amistoso marcou o segundo clássico regional entre Brasil e Argentina desde que estreou o técnico Tite, sendo também o debut do novo técnico argentino, Jorge Sampaoli, e quem levou a melhor foi a seleção branca e celeste que tirou a invencibilidade do técnico brasileiro.

O jogo que antes mesmo de iniciar já provocava frisson, devido a não transmissão da partida pela Rede Globo, começou morno e com pressão brasileira. Aos 5 minutos o argentino Di Maria mete uma bola na trave.

O Brasil teve também clara possibilidade de marcar com Coutinho, que hesitou na finalização e deu tempo para que Otamendi evitasse o gol. O estreante da noite, o técnico Jorge Sampaoli, adiantou os laterais, passou a atacar no 2-4-4, saiu do sufoco e pressionou.

Aos 44 do primeiro tempo, depois de um lançamento diagonal e uma cabeçada na trave, Mercado, aproveita o rebote e marca para a Argentina.

O segundo tempo volta com amplo domínio da seleção brasileira, porém a pontaria não estava calibrada a ponto de presenciarmos lances como o de Gabriel Jesus, que aos 16 minutos da etapa complementar perder um gol feito mandando a bola na trave esquerda, assim como o seu rebote que foi perdido por William, que mandou a bola novamente na trave, só que dessa vez a trave direita.

Lionel Messi que era para ser uma das figuras do jogo já que o seu companheiro de Barcelona, Neymar, não estava em campo, passou toda a partida bem discreto se não ofereceu nenhum perigo ao gol rival.

Confira os melhores momentos