Buenos Aires Hoje: Caos no Trânsito e Manifestações Contra a Reforma da Previdência

Semana complicada para o trânsito em Buenos Aires. Manifestações contra a reforma previdenciária e a reunião da OMC, transformaram o centro da cidade num cenário caótico.

368

Quem está em Buenos Aires essa semana ou tem amigos aqui, percebeu que são constantes as reclamações a respeito do trânsito na cidade.

 

Com a reunião da OMC fechando os bairros de Puerto Madero e várias ruas do centro da cidade, além das manifestações diárias essa semana contra a reforma da previdência, o centro se tornou intransitável, o que afeta também o trânsito nos bairros cercanos.

Trânsito pesado no centro e ao redor do Congresso às 12:40

Usar o metrô no período entre 17-20 horas se tornou uma tarefa complicada e não se impressione se já dentro do ônibus você demorar mais de uma hora para percorrer 20 quadras.

Nosso conselho é armar-se de paciência – ou de uma bicicleta e tentar evitar os pontos críticos em hora de pico. A continuação detalhamos as ruas e avenidas que estarão fechadas devido à manifestação desta quinta-feira.


De manhã já haviam cortes no cruzamento das avenidas Corrientes e Callao no bairro de Balvanera e a partir do meio dia as organizações e grêmios farão o mesmo nos redores da praça do Congresso Nacional.

Os cortes de trânsito no Congresso serão para realizar protestos contra a reforma da previdência que está sendo votada hoje na Câmara de deputados.

Outros pontos de encontro de diferentes organizações são na Avenida Hipólito Yrigoyen entre Virrey Cevallos e Presidente Luis Sáenz Peña, assim como no cruzamento da Avenida de Mayo com Santiago del Estero e Avenida Rivadavia com Paraná.

Por esse motivo, nas imediações do Congresso Nacional foi montado um forte operativo de segurança que instalou barreiras e grades sobre as avenidas: Entre Rios, Rivadavia, Combate de los Pozos e Hipólito Yrigoyen.

Comentários

comentários