Dicas Para Encontrar Lugar Para Morar em Buenos Aires

Mudar para um país novo é complicado, desde já alertamos. Muitos costumes e principalmente muitas regras são diferentes do que estamos acostumados no Brasil.

493

O ano de 2018 começou e muitas pessoas tomaram a importante e difícil decisão de morar na Argentina. O propósito principal desses que planejam começar essa nova vida são os estudos.

Já está com as malas prontas para a Argentina e sem lugar para morar?

Mudar para um país novo é complicado, desde já alertamos. Muitos costumes e principalmente muitas regras são diferentes do que estamos acostumados no Brasil.

No processo para a mudança muitíssimas coisas são necessárias como regularização de documentos escolares, legalizar a situação na Argentina tirando o seu DNI (clique aqui para saber passo a passo como ter o seu).

Porém uma das maiores queixas das pessoas que se mudam para a Argentina, principalmente para Buenos Aires, é conseguir um imóvel. Atenção! Não só brasileiros reclamam, porém gente das mais diversas nacionalidades.

Há diversos relatos de más experiências: local em péssimo estado, altos preços, depósito de caução que não é devolvido, pedido antecipado do imóvel antes de terminar o contrato, etc.

Realmente poderíamos ficar mais umas 10 linhas listando todos os tipos de problemas que geralmente acontecem. O que era pra ser um sonho pode facilmente se tornar um pesadelo.

Em muitos casos, principalmente de pessoas que não conhecem ninguém na Argentina, é preferível buscar ajuda profissional para conseguir um imóvel, do que estar sujeito a surpresas, essas muitas vezes bem desagradáveis (experiência própria desse que lhes escreve).

Quando chegam os meses de fevereiro e agosto, época em que se iniciam as aulas, começa todo o desespero e muitas pessoas ficam perdidas sem saber como proceder e até mesmo sem saber onde morar, e consequentemente perde dinheiro nessa.

Muitos estudantes ficam perdidos quando o assunto é locação de apartamento ou casa em outro país, principalmente para locar “à distancia”.

Como vou escolher meu apartamento? Como vou adiantar um pagamento mesmo sem ver o imóvel pessoalmente? Pois bem, se você prefere esquentar a cabeça com outras partes da burocracia para se estabelecer no país, recomendamos que se planeje para chegar com um lugar garantido para ficar.

Imagine chegar no aeroporto, pegar um taxi e ir direto para o seu “novo lar” sem ter que passar por sofá em casa de amigo ou gastar dinheiro com hostel/hotel (que pode sair bem caro, dependendo da quantidade de dias). E o melhor: tendo a certeza que vai encontrar o lugar como o combinado.

Mapa de Buenos Aires dividido por bairros

Pra você que é desses que preferem já deixar tudo agilizado, listamos os documentos necessários para alugar um imóvel:

  • RG ou Passaporte
  • CPF
  • Comprovante de estudo da Argentina – Pode ser a matrícula na faculdade que você escolheu, do CBC, ou UBA XXI, etc.
  • Comprovante de residência do Brasil, que pode ser em nome de um responsável caso você não o tenha

Lembrando que esses são os requisitos de aluguel para estrangeiros, o chamado aluguel temporário. Geralmente o imóvel já vem mobiliado e em alguns casos também oferece internet, água e luz inclusas no valor pago mensalmente.

A locação normal, ou seja, que não é a temporária, são outros requisitos:

São contrato de dois anos e eles pedem garantia proprietária (um fiador que seja dono de um imóvel na cidade de Buenos Aires) e um recibo de salário, algo que alguém recém chegado na Argentina pouco provavelmente terá.

Daí você está aí no Brasil arrumando suas malas para se mudar e pensa: COMO VOU FAZER?

Leia Mais: 

Muita calma nessa hora. Como dizem aqui na Argentina: “Tranqui”! O principal objetivo do Olá Argentina é facilitar a vida de quem pretende se mudar pra cá. Existe uma empresa em Buenos Aires especializada nesse serviço voltado para brasileiros e que vai auxiliar (e muito) nessa locação à distância.

Ela se chama Vivir Bien e tratando o assunto com eles você não vai precisar nem gastar o seu portuñol, já que eles são brasileiros também. Nós recomendamos por já conhecer o trabalho deles há anos e por termos certeza que você terá uma boa experiência e a garantia que o imóvel de fato exista, que seja como nas fotos e que o contrato assinado seja cumprido de acordo com as normas legais da Argentina.

A Vivir Bien, que já existe há 5 anos, trabalha em parceria com várias imobiliárias em Buenos Aires. Eles dão todo o suporte necessário, como reserva do imóvel, acompanhamento no check-in para garantir que o imóvel e o contrato estejam de acordo e, além disso, também dão assistência durante TODO o período de locação.

Logicamente você tem a opção de tentar encontrar o seu imóvel de forma independente e se aventurar por grupos no Facebook de brasileiros em Buenos Aires, dentre outros meios. Contudo desde já alertamos: CUIDADO COM PREÇOS MUITO BAIXOS.

Na Argentina o ditado “quando a esmola é demais o santo desconfia” é tão válido como no Brasil.

Agora que você tem dois “problemas” a menos – saber como tirar o DNI e como alugar o seu imóvel com segurança – é hora de fazer as malas e embarcar em direção aos seus sonhos!

Informação aos Leitores: este artigo é um Publieditorial.

Comentários

comentários