Gosta de Churrasco? Então Entenda os Cortes de Carne na Argentina

Não passe sufoco! Entenda os equivalentes no Brasil dos cortes de carne argentina e os seus respectivos nomes em português

567

Argentina possui uma das melhores carnes do mundo, o gado é criado em pastos planos, quase sempre em confinamento, e provém do cruzamento de raças europeias. O resultado é uma carne mais suculenta e macia, o que reflete no sabor.

Todo turista brasileiro que vem à Argentina, já chega pensando em conhecer as tradicionais parrillas (churrascarias) do país, porém o principal problema enfrentado é na hora de decifrar os nomes dos diferentes tipos de corte de carne bovina.

Mas estamos aqui para ajudar nessa tarefa!

O Bife de Chorizo, que equivale ao nosso contra-filé, é provavelmente um dos tipos de carne mais famosos e pedidos pelos turistas que visitam o país. Pode ser feito diretamente na chapa ou também na grelha, agregando o sabor das brasas da lenha (muito mais utilizada em comparação ao carvão).

É bom saber que o tempo de cozimento pode variar entre 20 e até 40 minutos e pode vir simples ou acompanhado de papas fritas (batatas fritas) ou puré de papas (purê de batata) ou, o menos comum no Brasil, o purê de calabaza (purê de abóbora).

Como guarnição, purê de abóbora

O Bife de Lomo (filé mignon) é um dos prediletos dos argentinos pelo seu sabor nobre e maciez. Pode ser feito na grelha ou na chapa, mas sendo uma carne mais requintada, é também utilizada em outros pratos mais sofisticados como o Lomo al Verdeo, iguaria argentina à base de cebolla verdeo, que nada mais é que a nossa cebolinha. Realmente de dar água na boca!

E como pedir uma picanha? Se chegou em Buenos Aires e já está com fome, ao chegar a um restaurante, peça a Tapa de Cuadril. Porém, se não quer arriscar o seu espanhol, na maioria dos restaurantes os garçons conhecem o gosto dos brasileiros e possivelmente entenderão se você pedir uma picanha.

Para aprofundar mais no assunto, segue a lista com a tradução dos principais nomes de cortes bovinos:

Carnaza común: Músculo
Roast Beef: Acém
Asado: Costela
Matambre: Matambre
Entraña: Fraldinha
Nalga: Coxão Mole
Cuadrada: Coxão duro
Tapa de cuadril: Picanha
Cuadril: Alcatra
Bola de lomo: Patinho
Peceto: Lagarto
Lomo: File Mignon
Nalga: Coxão Mole

Mas como pedir o ponto da sua carne? Bem passado ou malpassada? A carne pode chegar à mesa mais crua do que o brasileiro está habituado. Por exemplo, se pedir ao ponto, você poderá deparar com uma peça mais mal passada. Para evitar surpresas, guarde essas palavras:

jugosa (mal passada), a punto (ao ponto) ou cocida (bem passada)

Aqui vai outro ponto muito importante com o fim de complementar o “asado” argentino: os chorizos (linguiças).

Essas são peças vitais dos “asados” e tradicionalmente são feitos na grelha, entretanto podem ser assados ao forno sem perder a qualidade original.

Lembrando que há o chorizo tradicional, que seria a linguiça clássica brasileira e a morcilla, que é uma linguiça de sangue de cor violeta. Essa pode não ser muito palatável a todos.

De qualquer maneira, é quase impossível para um bom carnívoro não se impressionar com a qualidade da carne argentina.

Restou alguma dúvida? Deixe nos comentários!