Passo a Passo Definitivo Para Tirar o Seu DNI Argentino

Eis aqui o guia definitivo e completo de como tirar o seu documento de identificação (DNI) e poder viver, estudar e trabalhar normalmente na Argentina.

1228

Ano novo, vida nova e você resolveu mudar-se para a Argentina!

Seja para estudar, trabalhar ou apenas recomeçar a vida, você precisará de um item imprescindível: seu DNI (Documento Nacional de Identidad).

Modelo atual do DNI argentino

Graças a acordos entre Brasil e Argentina o acesso a este documento é “facilitado” para você que é brasileiro, e nós vamos explicar aqui o passo a passo para tirar o seu e regularizar a sua situação na Argentina.

Há duas maneiras de realizar o processo:

Via Consulado Argentino no Brasil

Pode parecer a opção mais óbvia, mas esse é o modo mais caro e menos prático de realizar o processo. Ao final do post você vai entender por que.

De qualquer maneira, segue o guia:

Primeiramente, você terá que providenciar os seguintes documentos (todos autenticados):

  • 2 cópias do seu RG e do seu CPF
  • 2 cópias das três primeiras páginas do seu passaporte
  • 4 fotos 4×4 (atenção que tem que ser exatamente esse tamanho e não 3×4)
  • 2 cópias da Certidão de Casamento no caso de ter cônjuge
  • Certidão negativa de antecedentes da Polícia Federal – clique AQUI
  • 2 cópias da Certidão de Nascimento*

* Você precisará reconhecer e legalizar a sua certidão de nascimento no Ministério das Relações Exteriores, para saber mais detalhes de como e onde fazê-lo clique AQUI.

Documentos em mãos, encontre um consulado perto de você ou vá até a embaixada da Argentina em Brasília. Segue o endereço:

SES 803, St. de Embaixadas Sul SES 803 – Brasília, DF, Brasil

Nos Consulados ou na Embaixada será cobrada uma taxa de US$ 300 (sim, dólares! Porém também pode ser pago em reais de acordo com a cotação do dia) através de 3 depósitos bancários separados na mesma conta.

Serão recolhidas as suas digitais e o cônsul responsável te entregará um envelope e um papel com uma foto. O papel, você entregará no aeroporto quando estiver passando pela imigração argentina.

Há relatos em que alguns casos foi solicitado o pagamento de US$ 150 extras ao chegar no aeroporto da Argentina, entretanto não podemos confirmar se tal taxa continua sendo cobrada e vale a pena consultar sobre a mesma no momento da visita ao consulado argentino. 

Veja o detalhe acima de um trâmite para DNI feito no Brasil (2013) e a cobrança de US$ 150 na chegada ao Aeroporto

Uma vez instalado na Argentina, você deverá entregar o envelope no Ministerio de Migraciones. Para a entrega do envelope, dirija-se ao seguinte endereço: (DICA: leve um livro, uma revista ou algo para passar o tempo)

Se for residir em Buenos Aires vá para:
Migraciones Endereço 1 – Hipólito Yrigoyen, 952

Se for residir em Rosário vá para:
Urquiza, 1798

Se for residir em La Plata vá para:
Calle 1 N° 591

Alguns dizem para fazer um agendamento para essa visita aos endereços acima, porém o site de Migraciones é muito confuso e não te dá a opção de reservar um horário para o Migraciones Endereço 1 (que é o utilizado por quem inicia o trâmite no Brasil) e sempre te enviará para Migraciones Endereço 2 (que fica na Avenida Antártida Argentina e é o utilizado por quem opta por fazer o trâmite todo na Argentina).

Se você iniciou o trâmite pelo Brasil, vá diretamente a Migraciones Endereço 1.

O processo descrito acima te dá o direito a um DNI temporário de 2 anos, contudo quando for atendido por um dos funcionários da Migraciones Argentinas, esclareça que gostaria de ter o DNI permanente, válido por 15 anos.

Vão lhe entregar a “Constancia de Solicitud de trámite para documento nacional de Identidad” e basta esperar 90 dias para ter seu documento – o DNI – entregue em casa.

Chegando como turista e fazendo todo o processo na Argentina

Agora vamos explicar como é o processo que a maioria das pessoas faz quando quer morar na Argentina. É mais barato e menos complicado.

O primeiro passo é agendar um horário no setor de Migraciones com 2 semanas de diferença para dar tempo de emitir todos os documentos necessários.

Como agendar:

Acessar o site clicando AQUI.

  • Clicar em “Turno de Tramite de Residencia/DNI y Certificaciones”.
  • Em “Tipo de trámite”, colocar: Radicación (+ DNI opcional) 1er. TRÁMITE MAYOR DE 16 AÑOS.
  • Em “Província”, colocar: Ciudad Autónoma de Buenos Aires (ou a cidade que vai morar).
  • Em “Localidad”, escolher o bairro que você mora ou está residindo nesse momento.
  • Depois é só preencher seus dados, escolher a data e IMPRIMIR O COMPROVANTE.

No dia marcado, você deverá reunir e levar a seguinte documentação:

  • RG com CPF (ou o número do CPF impresso do site da PF).
  • Certidão de Nascimento (se for menor de 16 anos – totalmente legalizada)
  • Emancipação se for menor de 16 anos (com reconhecimento, sinal público e apostilamento).
  • Comprovante de Residência (instruções abaixo).
  • Antecedentes Penales Argentinos.
  • Antecedentes Criminais Brasileiros clicando (instruções abaixo).
  • 4 Fotos 4×4.
  • 1 Cópia simples de todos os documentos anteriores.

Agora vamos te explicar como conseguir cada um desses documentos

Comprovante de Residência

Para emissão do comprovante de residência você deverá encontrar a Comisaría (Delegacia de Polícia) corresponde à sua residência (verifique qual é a sua AQUI) e solicitar o serviço pagando o valor de 10 pesos.

Na Comisaría você informará o local onde está residindo no momento e este comprovante será enviado para o local indicado, independente de ser um hostel, hotel, apartamento, casa de amigo, etc.

Importante! Eles só entregam o comprovante para você próprio ou para alguém que esteja com uma cópia do seu documento de identificação em mãos.

Antecedentes Penais Argentino

Para conseguir seus antecedentes penais argentino basta entrar nesse site AQUI,  escolher uma sede, agendar um horário e comparecer na sede escolhida. Se está em Buenos Aires recomendamos a sede central que está em Tucumán 1357 (em frente ao enorme prédio de Tribunales).

Caso esteja com muita pressa, existe o serviço express que é feito com o pagamento antecipado, sendo que depois eles disponibilizam o documento na internet para impressão.

Não esqueça de levar o comprovante de pagamento impresso.

  1. Trâmite muito urgente: Em 6 horas você pagará AR$ 300,00. (apenas nas sedes Central, La Plata, Lomas de Zamora, San Martín, Morón, San Isidro, Autódromo e Migraciones. O horário de requisição para ter o comprovante no mesmo dia é das 7h da manhã ao meio-dia).
  2. Trâmite urgente: Em 24 horas você pagará AR$ 180,00.
  3. Trâmite comum: Em 5 dias úteis você pagará AR$ 70,00.

Como você pode ver, o trâmite inteiro sempre sai mais em conta para quem faz tudo com planejamento e tempo disponível.

Antecedentes Criminais Brasileiros

Para emissão dos antecedentes criminais brasileiros existem duas opções: trazer diretamente do Brasil ou tirá-los na Argentina.

Para fazer na Argentina você deve entrar no site da Polícia Federal AQUI e seguir o procedimento. Após a impressão, ele deve ser levado ao consulado para validação. Esse processo tem um prazo de 5 dias para ficar pronto e o serviço é gratuito.

Consulado Brasileiro em Buenos Aires: Carlos Pellegrini, 1363, quinto andar – Também leve uma revista ou livro porque não é permitido usar o celular lá dentro.

Agora com toda a documentação providenciada, é só esperar o dia do seu agendamento no departamento de Migraciones e levar seus documentos brasileiros originais junto aos tirados na Argentina, além do valor de AR$ 1060,00 para pagar o processo que lhe dará a Residência Argentina e o seu DNI.

Migraciones Endereço 2 que fica na Avenida Antártida Argentina 1355.

São muitos os relatos de pessoas que, mesmo com o agendamento, enfrentaram enormes filas e atraso para serem atendidas. Há uma grande quantidade de chineses, colombianos, venezuelanos, bolivianos e gente de mais um monte de países fazendo o mesmo trâmite, o que tem sobrecarregado o sistema de atendimento.

DICA: Para não precisar voltar novamente ao local para retirar o DNI (e evitar um possível novo atraso), existe a opção de receber o documento por correio, mediante ao pagamento de uma taxa no valor de AR$ 60 pesos. Recomendamos que leve dinheiro extra, comida e uma revista ou livro, já que vai ficar uma manhã ou tarde inteira lá.

No mesmo dia você já sairá com um documento provisório que se chama precária e com ele já se é possível realizar grande parte dos trâmites argentinos. Agora é esperar até 90 dias, que é o prazo de entrega.

Modelo de Precária com o número de expediente que será a sua identificação provisória

Também é possível pedir a emissão do seu número CUIL (Código Único de Identificación Laboral), equivalente ao nosso CPF que também serve como carteira de trabalho na Argentina. Para abrir uma conta bancária, por exemplo, você vai precisar dele.

Achou as informações úteis? Compartilhe com seus amigos que estão de mudança para a Argentina. Ahhh… e se tiver ficado qualquer dúvida, comente no post!

Leia Mais:

Comentários

comentários