O Que se Discute na Reunião da OMC em Buenos Aires

Ruas interditadas e caos no trânsito: a capital da Argentina é a sede da reunião que discute as novas regras para o comércio mundial

61

Pela primeira vez acontecendo em um país sul-americano, começou ontem em Buenos Aires a XI reunião da OMC – Organização Mundial do Comércio, presidida pelo brasileiro Roberto Azevedo. A expectativa é sobre a possibilidade de um acordo-quadro União Europeia-Mercosul que vem sendo mantido em “banho-maria” por 15 anos.

A cúpula ocorre no meio da polêmica decisão do Governo para contestar as credenciações de 60 ativistas de 18 ONGs.

Participam da cúpula os presidentes do Brasil, Michel Temer; do Paraguai, Horacio Cartes e Uruguai, Tabaré Vázquez, bem como representantes de outros países do continente americano. Os chefes de estado e autoridades assinam a “Declaração de Buenos Aires”, que será lida pelo ministro das relações exteriores da Argentina, Jorge Faurie.

+++ Argentina Assume a Inédita Presidência Temporária do G20 – Próxima reunião será realizada em 2018 em Buenos Aires

Entre segunda e quarta-feira, estão sendo realizadas sessões plenárias entre os 164 representantes dos países membros da OMC, que esperam a definição das novas regras do comércio mundial através da Rodada de Doha.

O encontro busca definir novas regras no comércio, indústria e serviços agrícolas; e questões relacionadas ao comércio eletrônico, assim como a inserção de Pequenas e Médias Empresas no comércio mundial.

Para o Mercosul, cujos membros ativos são Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, isso pode significar um avanço na assinatura de um acordo de livre comércio com a União Europeia.

A sessão de encerramento está agendada para 13 de dezembro, às 16:00, no Hilton Hotel.

ATENÇÃO

Se você mora ou visita Buenos Aires, atenção! Há muitas ruas bloqueadas e um esquema modificado de trânsito.

Confira o mapa das ruas que serão alteradas:

 

As partes em vermelho no mapa estão fechadas para o público (inclusive os famosos restaurantes de Puerto Madero) até quinta-feira

Se quer jantar em Puerto Madero até na quinta-feira, isso não será possível. Só pessoas cadastradas para o evento ou que morem e trabalhem no local.

Comentários

comentários