Pizza Ugi’s – A Pizzaria Argentina que Maltrata Seus Clientes e Eles Adoram

Aqui regem regras selvagens : deixe um comentário negativo em alguma rede social sobre a pizza e um exército de trolls lhe atacará violentamente na internet

94

Se passou por Buenos Aires e entrou em uma pizzaria bem raiz, para não dizer suja, essa seguramente é a Ugi’s. Se você acha o serviço de atendimento ruim na Argentina, então mantenha distância desse local.

Algumas reclamações:

“Pizza Ruim”

“Eles vendem apenas um tipo de pizza”. (Muzzarela)

“Não há delivery”

“Não há garçons”

“Orégano e sal estão dentro de garrafas plásticas de refrigerante”

“As pizzerias da rede cheiram mal”

“Não tem banheiro”

“Os pombos andam onde e quando querem”

Pode até parecer que em Buenos Aires ninguém gosta dessa pizzaria. Porém suas filiais estão sempre cheias, é um ponto de encontro de pessoas que saem para a balada e também das que estão voltando dela.

Como um cliente diz, no melhor resumo que explica esse fenômeno “Ugi’s é um marco de Buenos Aires. Peço uma pizza “porcaria” supersimples, só de massa molho e queijo e depois vou no perfil de Facebook deles e faço a queixa porque já é clássico, como uma tradição. Faz parte do turismo da cidade, hahahaha.”

O culpado de todo este “quilombo” (bagunça em espanhol da argentina) é Hugo Solís que no final dos anos 60 se aventurou em terras americanas e voltou para Buenos Aires duas décadas depois para abrir o seu próprio negócio com o conceito de fast-food adquirido nos Estados Unidos.

Leia Mais:

Sua ideia era criar a pizzaria mais popular de Buenos Aires, e de alguma maneira – ainda que pelo lado negativo – nós acreditamos que ele conseguiu.

A Ugi’s além de sua fama pela qualidade duvidosa das pizzas também é bastante presente nas redes sociais. Quer saber o motivo? É que qualquer cliente que ouse reclamar de uma pizza ou do atendimento é trolado fortemente no Perfil do Facebook do estabelecimento.

O pombo Miguelito sempre é eleito o funcionário do mês pela sua dedicação com a limpeza do local.

Em poucas palavras, eles são o melhor exemplo de que um bom ataque é a melhor defesa e eles usam o Facebook magistralmente como se fosse a sala de sua casa. Aqui, as regras são selvagens: “se te criticam, morda, se te atacarem, contra-ataque mais forte. Faça o que for, mas faça algo.”

Sem censura e sem frescura: Nossos pizzaiolos nunca tocam a massa com as mãos sujas depois de sair do banheiro. Não temos banheiro.

O que funciona para a pizzaria é o anti-marketing, e assim o perfil já conta com quase 180 mil seguidores.

Se você se atrever a deixar um comentário negativo, prepare-se para receber a maior trolada da internet. Todos os seguidores cairão sobre você e não espere a ajuda do resto da comunidade, pois todos vão proteger a “sagrada” pizza da Ugi’s.

O índice Ugi´s de inflação

No país que está acostumado com inflação há muitos anos, a Ugi’s apresentou a evolução do aumento dos preços baseada no valor de sua pizza de muçarela.

Do começo dos anos 90, quando a pizza custava AR$ 1,99 até junho de 2015. Hoje uma pizza da Ugi’s custa quase AR$ 100 (16 reais)

Eles também são famosos por fotos toscamente montadas de pessoas famosas comendo uma fatia de sua gordurosa pizza. Outro fetiche bem comum: consumidores do local exibirem as caixas da pizzaria em suas viagens pelo mundo (sim, muita gente leva caixas vazias da pizza em suas viagens!) aumentando ainda mais o “renome” da rede.

Limpeza? Não é o forte do lugar e eles até se gabam de ter pombos como funcionários do mês por executarem a limpeza do local. Já os recipientes onde ficam o sal e o orégano….

Salero da Ugi’s orgulhosamente exibido em sua página do Facebook

Variedade também não é o forte da Ugi’s, entretanto a mítica da pizzaria amplamente conhecida ganhou muita fama devido a um filme argentino dos anos 90 chamado Pizza, Birra y Faso (Pizza, Cerveja e Maconha), o que alavancou o seu perfil como um local “cult”.

Assista ao filme completo aqui

Eles sabem que não têm a melhor pizza da Argentina, mas isso não parece ser uma grande questão para eles.
Se ficou curioso ou “encheu a boca d’água” aqui está um post deles mesmos com todas as filiais da Ugi’s:

Agora se você acha que esse amor é só dos hermanos, se enganou. Um brasileiro anônimo fez uma página de gibi explicando como funciona a pizzaria.


Gostou? Quando passar por uma pizzaria Ugi’s e se sentir atraído por suas pizzas, entre, coma uma, tire uma foto e nos marque @olaargentina. 😀

Comentários

comentários