Primeira Empresa Aérea Low Cost da Argentina Vai Voar Para o Brasil

A empresa que começa a operar na Argentina em setembro, está esperando a aprovação da Anac para começar a operar com voos low cost pro Brasil

2406

Parece que os ares estão mudando na Argentina. Em setembro começa a operar a primeira empresa aérea low cost do país vizinho,  e essa tem um nome interessante, se chama FlyBondi.

Antes de mais nada explicamos a origem do nome: na Argentina, principalmente em Buenos Aires, os ônibus coletivos de transporte urbano são chamados coloquialmente de “bondi” a exemplo do Brasil, que em muitos lugares os chamamos de “busão“.

Como é uma empresa de aviões, nada melhor que adicionar o prefixo fly. Em uma tradução livre seria o Busão Voador.

Os voos mais baratos serão no trecho Buenos Aires – Córdoba, que terá o preço de AR$ 500 (R$ 99,00). Entretanto a empresa ainda espera que o governo baixe o valor da tarifa mínima no país que hoje é AR$ 788, porém esse reajuste já está previsto para esse mês.

“Nós preferimos a vender um bilhete para US$ 10 a voar com um assento vazio.” Afirma com sotaque espanhol carregado, Julian Cook, o empresário suíço e CEO da FlyBondi, que utilizará o aeroporto da base militar de El Palomar na zona oeste da região metropolitana de Buenos Aires.

A boa notícia é que a empresa não pretende parar pelo trechos nacionais, e sim extender suas asas até o Brasil, já que ganhou a concessão do governo argentino para operar em 85 rotas sendo que 26 dessas são com destino à cidades brasileiras.

Contudo os brasileiros que querem ir à Argentina a preços mais econômicos devem conter a euforia porque as rotas para o Brasil esbarram na burocracia e ainda dependem de aprovação da Anac.

As rotas preteridas pela Flybondi são: de Buenos Aires para Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Maceió, Natal, Porto Alegre, Porto Seguro (BA), Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.

De Córdoba para Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.

De Puerto Iguazú para Curitiba, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro.

De Mendoza para São Paulo e Rio de Janeiro.

E finalmente de Bariloche para São Paulo.

Dica da Olá Argentina: Eles já estão contratando, então fique ligado e já mande o seu currículo pois em um futuro próximo o “busão voador” estará aterrizando em aeroportos brasileiros.